Alejandro Garcia/EFE
Alejandro Garcia/EFE

Neymar faz golaço e Barcelona goleia em dérbi pela Copa do Rei

Brasileiro se vinga de insultos em goleada de 4 a 1 no Espanyol

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 19h45

O Espanyol festejou ter conseguido um empate com o Barcelona, sábado passado, pelo Campeonato Espanhol, em um clássico catalão marcado por forte rivalidade. Mordido, o Barça voltou a colocar ordem nas coisas nesta quarta-feira. Jogando no Camp Nou, agora pela Copa do Rei, fez 4 a 1 no rival regional, com direito a dois gols de Messi e um golaço de Neymar.

O craque argentino, que na segunda-feira deverá ganhar sua quinta Bola de Ouro da Fifa (nesta quarta, a entidade divulgou em seu site o suposto resultado da votação e tirou em seguida), participou dos quatro gols do jogo.

O Espanyol até assustou, abrindo o placar com Caicedo, num contra-ataque de dois contra dois. O equatoriano recebeu em velocidade, passou por Mascherano, e fez 1 a 0. Mas, quatro minutos depois, aos 11, Messi já deixou o primeiro dele. O argentino recebeu passe em profundidade na marca do pênalti, encarou o goleiro e escolheu o canto para empatar.

O segundo gol, também de Messi, foi de falta, aos 44. A bola encobriu a barreira, bateu no travessão, e entrou. No início da segunda etapa, Messi recebeu de Iniesta pela esquerda e cruzou rasteiro, encontrando o zagueiro Piqué como atacante na pequena área para fazer o terceiro.

O gol mais bonito da noite, entretanto, foi de Neymar. Já aos 43, o brasileiro deu para Messi e recebeu de volta, de primeira, um passe em elevação. Antes que a bola caísse, o craque bateu de primeira, sem chances para o goleiro.

O placar até ficou barato quando se considera que o Espanyol entrou no jogo para bater e, a 15 minutos do fim da partida, tinha dois jogadores a menos - Diop e Pérez foram expulsos. O goleiro Pau López também deveria ter recebido o vermelho por pisão proposital na perna de Messi.

Os dois rivais voltam a se enfrentar na quarta-feira que vem, na casa do Espanyol, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Rei. O técnico Luis Enrique terá que decidir se manda em campo o que tem de melhor ou se evita que seus jogadores sejam alvos dos rivais. Antes, no sábado, o Barça recebe o Granada pelo Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.