Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Neymar faz golaço em retorno e Barça goleia por 6 a 0

Lionel Messi atinge a marca de 228 gols em jogos pelo Campeonato Espanhol

Agência Estado

15 de fevereiro de 2014 | 19h38

BARCELONA - Com um golaço do brasileiro Neymar, que voltou a jogar neste sábado após um mês afastado por causa de uma lesão no tornozelo direito, o Barcelona massacrou o Rayo Vallecano por 6 a 0, no Camp Nou, e chegou aos 60 pontos no Campeonato Espanhol. Com isso, retomou a liderança da tabela, perdida poucas horas antes para o Atlético de Madrid, que também atingiu a mesma pontuação ao bater o Valladolid por 3 a 0.

Em vantagem nos critérios de desempate, o Barça atropelou o atual penúltimo colocado da tabela, com apenas 20 pontos ganhos, e logo no primeiro minuto abriu o placar com um gol de outro jogador brasileiro. O lateral Adriano fez boa jogada pela esquerda e, após dar um corte em um defensor, chutou cruzado de fora da área: 1 a 0.

Depois, em rápido contra-ataque, aos 35 minutos, a genialidade de Messi começou a se fazer presente. Lançado pela esquerda, o argentino viu o goleiro adversário adiantado e tocou por cobertura, de fora da área, para fazer 2 a 0.

Já aos 7 minutos da etapa final, o chileno Alexis Sánchez também deixou a sua marca ao receber livre pela direita e tocar com tranquilidade na saída do goleiro. E, já aos 10, Piqué fez linda tabela com Iniesta, que deu passe de letra para deixar o defensor na cara do gol. Mas o zagueiro não foi egoísta e tocou para Pedro, que fechava pelo meio e apenas precisou empurrar para as redes.

Messi, por sua vez, voltaria a marcar aos 22 minutos, ao bater com frieza da entrada da área em outra rápida troca de passes do time catalão. E o gol fez o astro alcançar mais uma marca expressiva de sua carreira. Ele chegou a 228 ao total em Campeonatos Espanhóis e se igualou a Raúl González, ídolo histórico do Real Madrid, como terceiro maior goleador da história da competição.

Com apenas 26 anos de idade, ele já havia ultrapassado o seu compatriota Alfredo di Stéfano, outra lenda da história do Real Madrid, que chegou a 227 gols com 39 anos de idade. Agora, na história da competição nacional ele só está atrás do mexicano Hugo Sánchez, autor de 234 bolas na rede, e de Telmo Zarra, que fez 251.

E, para completar a festa da torcida catalã, Neymar brindou a torcida com uma pintura. Ainda retomando o ritmo ideal, ele só entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo e vinha tendo atuação apagada, mas, aos 43, partiu com a bola dominada no meio-campo, deixou adversários para trás e, de fora da área, chutou com curva, por cobertura, acertando o ângulo direito do goleiro adversário.

Em outro já encerrado no Espanhol neste sábado, o Levante venceu o Almería por 1 a 0, em casa, e alcançou a sétima posição, com 32 pontos. Já o rival derrotado é o 14º, com 25.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.