Divulgação|Twitter
Divulgação|Twitter

Neymar fez acordo com o treinador para vir ao Brasil, diz jornal

Atacante queria participar da festa de aniversário da irmã

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

08 de março de 2016 | 09h45

O atacante Neymar fez um pacto com o treinador Luis Enrique e com os líderes do Barcelona para vir ao Brasil participar da festa de aniversário da irmã realizada na noite desta segunda-feira. A informação é do jornal espanhol Sport que traz na capa a manchete "Quinta-feira quero você aqui" ao lado de uma foto com Luis Enrique e Neymar.

O atacante não participou da vitória por 4 a 0 sobre o Eibar no último final de semana para cumprir suspensão após receber o quinto cartão amarelo. Como a equipe não teria compromissos no meio desta semana, o jogador solicitou liberação para viajar ao Brasil e se reapresentar na quinta-feira. O Barcelona enfrenta o Getafe no sábado.

De acordo com o jornal espanhol, Neymar conversou primeiro como treinador que, por sua vez, pediu que conversasse com os líderes do elenco: Iniesta, Messi, Bsquets e Mascherano. Ninguém colocou empecilho para que viajasse. Na última temporada, o atacante havia feito o mesmo pedido. De acordo com o jornal, o seu quinto cartão amarelo foi tomado após uma discussão com um defensor do Rayo Vallecano com o placar em 5 a 1.

Neymar chegou ao Brasil no fim de semana. No domingo, esteve com os amigos na mansão da família no Guarujá. Nesta segunda, fez uma nova tatuagem - 'Que Deus me abençoe' no braço - e, à tarde, visitou o Instituto que leva seu nome, na Praia Grande. Lá, ele se encontrou com Lais Sousa, ex-ginasta que sofreu acidente de esqui e tenta recuperar os movimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.