Gonzalo Fuente/Reuters
Gonzalo Fuente/Reuters

Neymar fica fora do relacionados do PSG para jogo da Copa da França

Atacante não enfrenta o Sochaux, nesta terça-feira, pelas oitavas de final

Estadão Conteúdo

05 de fevereiro de 2018 | 16h18

O técnico Unai Emery surpreendeu nesta segunda-feira e deixou Neymar fora da lista de relacionados para encarar o Sochaux, pelas oitavas de final da Copa da França. Sem maiores explicações, o craque brasileiro foi preterido da convocação para o confronto que acontecerá na terça, fora de casa.

+ Neymar marca golaço, completa 350 na carreira e PSG vence Lille

A surpresa foi confirmada através das redes sociais do PSG, que publicaram a lista de relacionados sem o nome do brasileiro. Ao justificar a exclusão de Neymar, o clube limitou-se a informar: "Treinamento, opção de gestão do treinador".

O nome de Neymar voltou ser envolto em uma polêmica na noite de domingo. A dois dias do confronto, o brasileiro promoveu uma grande festa para comemorar o aniversário de 26 anos, completados nesta segunda-feira. Ao comentar o assunto, Emery, no entanto, defendeu o jogador e garantiu que viu com bons olhos a presença de diversos de seus comandados no evento.

"Como disse, é bom para o espírito coletivo poder dividir este momento com o Neymar. Hoje, eles todos estão prontos para a partida de amanhã. Quando você joga três jogos toda semana, não sobra muito tempo para aproveitar outros momentos. Ontem, foi uma boa oportunidade para isso", considerou o treinador.

Emery ainda explicitou sua confiança em Neymar e no restante do elenco. "Eu confio nos jogadores. Eles já me mostraram que são profissionais. Eu sei que o elenco pensa em futebol na maior parte do tempo, mas no restante, precisa de momentos como o de ontem."

O treinador concedeu entrevista coletiva antes da lista ser divulgada e não deu pistas sobre a exclusão de Neymar. Pelo contrário, revelou inclusive ter prestigiado a festa do brasileiro. "Eu saí por volta da meia-noite. Provavelmente, fui o primeiro a sair. Cortamos o bolo e eu fui embora", explicou.

Tudo o que sabemos sobre:
NeymarParis Saint-Germain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.