Charles Platiau/Reuters
Charles Platiau/Reuters

Neymar informa ao PSG que irá permanecer no clube, diz jornal francês

Tanto Barcelona quanto o jogador desistiram de concluir a negociação, segundo o L'Équipe

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2019 | 19h14

A 'novela Neymar' parece estar se aproximando do desfecho. Neste sábado, 31/08, o jornal francês L'Équipe publicou em seu site que o atleta brasileiro teria comunicado aos diretores do Paris Saint-Germain e aos familiares que não irá para o Barcelona e permanecerá no clube da França. A janela de transferências europeia fecha na próxima segunda-feira, 02/09, ao meio-dia (horário de Brasília).

As negociação parecem ter se esfriado na última sexta-feira, quando o jornal catalão Mundo Deportivo publicou que os dois times não teriam entrado em acordo sobre os termos da transferência. Inclusive, o técnico Ernesto Valverde e líderes do elenco do clube como Messi e Piqué já teriam sido informados que o brasileiro não voltaria ao Barcelona. Neste sábado, pela manhã, o próprio L'Équipe afirmou que Neymar estaria disposto a pagar 20 milhões de euros (R$ 91,2 milhões) do próprio bolso para viabilizar a negociação, sem sucesso.

Assim, sabendo que o Barcelona teria desistido da negociação, Neymar já teria informado às pessoas próximas e ao próprio clube que segue em Paris por mais uma temporada. A novela já se arrasta há dois meses e, além do time catalão, Real Madrid e Juventus teriam negociado para contratar o atacante. O contrato de Neymar com o time francês é válido até junho de 2022.

Neymar ainda não atuou nesta temporada pelo PSG, ficando fora da Supercopa da França (torneio disputado em jogo único) e das três primeiras rodadas do Campeonato Francês por decisão do clube, que esperava ele resolver a situação. O jogador deve se juntar ao grupo da seleção brasileira para amistosos contra Colômbia e Peru nesta segunda-feira, 02/09, em Miami - isso se for possível viajar para a cidade, que deve ser atingida pelo furacão Dorian nos próximos dias.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolNeymarParis Saint-Germain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.