Neymar já se despede de Ganso: 'Ele está indo embora'

CURITIBA - Paulo Henrique Ganso está perto de trocar de ares. No sábado, recebeu as boas vindas de Lucas e Luis Fabiano. Neste domingo, foi a vez de Neymar, seu companheiro de clube desde as categorias de base do Santos, se despedir do meia, que deve ter anunciada a sua ida para o São Paulo entre segunda e terça-feira.

O Estado de S. Paulo

16 de setembro de 2012 | 21h22

“Ele é um cara bacana, que está indo embora. Um amigo que eu gosto muito, mas está prestes a sair”, afirmou Neymar, após a partida diante do Coritiba.

O craque santista já começa a pensar como será encontrar com o companheiro de cinco títulos pelo Santos. “Vai ser um pouco esquisito, mas vou ter de ganhar dele. Vai ser a primeira vez que eu vou ter de ganhar de alguém com quem jogo junto”, comentou Neymar.

Sobre o jogo deste domingo, no qual ele foi o diferencial, marcando dois gols na vitória por 2 a 1, Neymar disse não ter feito uma boa partida. “Não foi um dos meus melhores jogos. No meu ponto de vista, eu fui mal. Eu não fiz o que sempre faço. Mas eu tive duas oportunidades e fiz os gols”, argumentou o artilheiro santista no Brasileirão, com oito tentos.

Como tem acontecido longe da Vila Belmiro, Neymar foi bastante vaiado pelos torcedores do Coritiba, no Couto Pereira. Mas nada que abalasse o jogador, que acabou calando a massa. “Eu respondi como gosto, fazendo gols”, vibrou ele, que levou o terceiro cartão amarelo pela comemoração diante da torcida alviverde e vai cumprir suspensão automática contra a Portuguesa, sábado, no Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
SantosNeymarGanso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.