Neymar lamenta as chances perdidas contra a Argentina

Atacante do Barcelona explica gol perdido na frente de Romero e credita '50% da vitória' para Diego Tardelli, autor dos dois gols

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

11 de outubro de 2014 | 15h53

Neymar lamentou as chances desperdiçadas por ele na vitória da seleção brasileira por 2 a 0 sobre a Argentina, neste sábado, em Pequim, na China, pelo Superclássico das Américas. Os gols foram marcados por Diego Tardelli. Ao avaliar o seu rendimento na partida, o atacante também reconheceu que jogou abaixo do esperado.

"Faltou um pouquinho de sorte, nem sempre as coisas dão certo, mas que bom que deu certo a vitória. Eu fiquei devendo, espero que possa compensar nos próximos jogos", disse o jogador do Barcelona.

A melhor oportunidade de gol da seleção não aproveitada por Neymar aconteceu aos 31 minutos do primeiro tempo, quando o Brasil já vencia por 1 a 0. O craque fez ótima jogada, deixou os marcadores para trás, mas, de frente para o goleiro Romero, chutou para fora. "Quis ameaçar para o goleiro cair. Aconteceu o que eu queria, mas errei a cavada. Faz parte", explicou.

Neymar fez questão de enaltecer a atuação de Diego Tardelli, seu novo companheiro de ataque. Nos três amistosos que a seleção disputou sob o comando de Dunga, os dois jogaram juntos. "50% da vitória é dele pelos dois gols. Ele deve estar muito contente e merece. É uma grande pessoa, grande jogador. Espero que sejam os dois primeiros de muitos".

A seleção brasileira deixou a China em voo fretado rumo a Cingapura, onde nesta terça-feira enfrenta o Japão. O jogo será às 18h45 (7h45 de Brasília), no estádio Nacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.