Christophe Ena/AP
Christophe Ena/AP

Neymar marca, Cavani perde pênalti no fim e PSG só empata com o Nice pelo Francês

Campeão adiantado que apenas cumpre tabela, time de Paris volta a campo no próximo sábado contra o Angers

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2019 | 15h22

O Paris Saint-Germain empatou com o Nice, por 1 a 1, neste sábado, pela 35ª rodada do Campeonato Francês. Campeão antecipado da liga, em conquista assegurada em 21 de abril, o time de Neymar, que foi o autor do gol do seu time, de pênalti, chegou aos 85 pontos, 17 à frente do Lille, o segundo colocado. O time de Nice, com 52 pontos, na sétima colocação, ficou mais longe de obter uma vaga na próxima Liga Europa.

O PSG iniciou o jogo em ritmo acelerado. Paredes, em um longo chute de fora da área, e Neymar, em uma bela virada da marca do pênalti, quase marcaram antes dos dez primeiros minutos. Cavani também teve duas boas chances na primeira etapa.

Mas foi o Nice que abriu o placar, logo aos 32 segundos do segundo tempo. Lançado na ponta esquerda, Ignatius Kpene Ganago ganhou na corrida de Daniel Alves e bateu forte antes da chegada da marcação de Marquinhos.

A partir daí, o Nice se fechou ainda mais e deixou toda a iniciativa para o PSG, que abusou das jogadas pelas laterais, sem sucesso. O empate surgiu, aos 15 minutos, após pênalti no argentino Di Maria. Neymar bateu com categoria e não deu chances de defesa para Benitez. Foi o primeiro gol do brasileiro depois de se recuperar de lesão.

Sem muita inspiração, o PSG tentou a vitória. Nos últimos seis jogos, a equipe parisiense só conseguiu um triunfo. E na partida deste sábado ela ficou muito próxima, pois o uruguaio Cavani teve a oportunidade, mas desperdiçou um pênalti aos 47 minutos da etapa final. Assistindo ao jogo nos camarotes, Mbappé, que cumpriu o segundo jogo de suspensão, lamentou a falha do companheiro de equipe.

Chamou a atenção a solidariedade do técnico Thomas Tuchel, do PSG, que abraçou o zagueiro Dante, inconformado depois que o juiz marcou pênalti após sua entrada em Neymar. O atacante brasileiro chegou a gritar de dor, recebeu atendimento médico e chegou a reclamar com o compatriota da entrada no seu pé direito.

Dando a impressão de que só conta os minutos para o fim da temporada, o PSG voltará a jogar no próximo sábado, fora de casa, contra o Angers. No mesmo dia, o Nice, com chances remotas de classificação à Liga Europa, receberá o Nantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.