AFP
AFP

Neymar exibe vídeos exclusivos sobre seus dois anos no Barcelona

Série oficial traz um episódio por semana sobre o camisa 11

O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2016 | 15h24

O atacante Neymar lançou uma série especial em seu site para celebrar os seus dois anos no Barcelona. Formada por dez episódios, um a cada semana desde o dia 29 de dezembro, a série “2 anos Barcelona” celebra as conquistas do Campeonato Espanhol, a Copa do Rei até a Liga dos Campeões. A série traz cenas inéditas do atleta e entrevistas exclusivas com grandes personalidades do clube catalão.

O episódio 2, lançado nesta terça-feira, traz o primeiro clássico entre Real Madrid e Barcelona e a expectativa dos torcedores e da imprensa. “O que aconteceu com Neymar foi diferente do que acontece com outros jogadores. Dois dias antes da chegada dele, os jornais só falavam nisso”, conta Marcelinho Huertas, jogador do time de basquete do Barcelona. “Nossa expectativa, como a de todo mundo, era a de ter sucesso. Nós fizemos uma escolha e nós fizemos tudo para que ele tivesse uma adaptação rápida”, diz Neymar Silva Santos, pai e empresário do jogador.

O episódio 1, lançado na semana passada, traz o depoimento do presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu. “A primeira vez que vi Neymar fique espetacularmente surpreendido”, disse o dirigente. “Nós sabíamos que ele ia crescer muito se conseguisse se juntar ao nosso grupo, e é isso que está acontecendo”, afirma Iniesta, companheiro de Neymar.

Ao lado de Messi e Luis Suárez, Neymar forma um trio quase imbatível com a camisa do Barcelona ao longo desses dois anos. Na última quarta-feira, na vitória sobre o Betis por 4 a 0, pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona atingiu o recorde de 180 gols anotados no mesmo ano. O número desbanca o rival Real Madrid, que havia estufado as redes 178 vezes em 2014. No dia 11 de janeiro, Neymar disputa com Messi e Cristiano Ronaldo o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolNeymarBarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.