Neymar organiza festa com celebridades para comemorar a classificação do Barcelona

Neymar organiza festa com celebridades para comemorar a classificação do Barcelona

Craque brasileiro festeja em grande estilo a vitória na Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

09 de março de 2017 | 10h44

Neymar comemorou a melhor atuação da sua carreira em grande estilo. Após a histórica goleada por 6 a 1 sobre Paris Saint Germain que garantiu a classificação do Barcelona para as quartas de final da Liga dos Campeões, o craque organizou uma festa com a presença de familiares, atletas e celebridades na quarta-feira. Entre os convidados estavam o tricampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton e o cantor de pagode Thiaguinho.

O piloto britânico está na Catalunha para testes da pré-temporada da F-1 e aproveitou para ir ao Camp Nou, na quarta-feira, assistir ao jogo do Barça contra o PSG. Amigo de Neymar, ele postou vídeos nas redes sociais festejando a vitória do time espanhol. Depois da partida, marcou presença na festa de Neymar. Por causa dos treinos desta quinta-feira no Circuito de Montmeló, Hamilton não ficou até o fim da festa e foi embora mais cedo.

Na manhã desta quinta-feira, no entanto, o piloto publicou um novo vídeo do gol de falta de Neymar, o quarto do Barcelona diante do PSG. “Não posso explicar como foi incrível a noite passada foi, esta cobrança de falta foi épica. Quase perdi a minha voz, Neymar Jr.”, escreveu o inglês.

O zagueiro Umtiti também marcou presença na festa de Neymar. Apesar das comemorações de quarta-feira, o técnico Luis Enrique manteve a programação e, nesta quinta-feira, os jogadores do Barcelona voltam aos treinos.

❤ #neymarjr #neymar #storiedoneymar

Uma publicação compartilhada por Nj neymarjr (@neymarrbr_) em

Storie do neymar ❤ #neymarjr #neymarjr

Uma publicação compartilhada por Nj neymarjr (@neymarrbr_) em

Storie do Neymar ❤ #neymar #neymarjr

Uma publicação compartilhada por Nj neymarjr (@neymarrbr_) em

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.