Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Neymar paga indenização ao árbitro Sandro Meira Ricci por ofensas

Atacante do Santos é condenado a pagar R$ 15 mil por ofender árbitro pelo twitter, em 2010

18 de fevereiro de 2012 | 16h00

SÃO PAULO - Dois meses após ser condenado pela Justiça Desportiva, o atacante santista Neymar depositou a quantia da indenização ao árbitro Sandro Meira Ricci. O principal jogador em atividade no Brasil pagou R$ 15 mil a Ricci, após tê-lo ofendido em comentários no Twitter,  em agosto de 2010.

Segundo o árbitro, o dinheiro será doado para instituição que cuida de menores carentes em Poços de Caldas, Minas Gerais, sua cidade natal.

Em agosto de 2010, na derrota do Santos para o Vitória, por 4  a 2, pelo Campeonato Brasileiro, Neymar saiu de campo resvoltado com o trabalho de Ricci. De acordo com o camisa 11 do Santos, o árbitro prejudicou seu time, ao marcar pênalti em lance envolvendo o capitão santista, Edu Dracena.

Após a partida, no Twitter, neymar escreveu algumas frases como: "juiz ladrão, vai sair de camburão", "eeeeeeeee juizãoooooo" e "meu Santos sempre prejudicado pela arbitragem!".

As mensagens foram usadas por Ricci para processar o atacante do Santos e da seleção brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCNeymarSandro Ricci

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.