FRANCK FIFE / AFP
FRANCK FIFE / AFP

Neymar vira pivô de reclamação do técnico do Leipzig contra a arbitragem na Liga dos Campeões

'Parecia que o árbitro queria um autógrafo do jogador brasileiro', disse Jesse Marsch

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2021 | 09h43

O empate do Paris Saint-Germain com o RB Leipzig pela quarta rodada da Liga dos Campeões sobrou para Neymar. Irritado com a arbitragem e com o uso do VAR, o técnico Jesse Marsch detonou a turma do apito no empate de 2 a 2 e disse que o juiz sueco Andreas Ekberg se rendeu ao talento e fama do camisa 10 do clube francês, um dos principais candidatos a ganhar a competição da Europa.

"Em muitos momentos, parecia que o árbitro queria um autógrafo do Neymar quando lhe mostrou um cartão amarelo. Sei que o PSG tem muitos craques, mas deixem-nos ter um jogo normal onde as decisões sejam justas. Até no segundo pênalti, que foi claríssimo, ele precisou ir ao VAR confirmar", disse o treinador do clube alemão.

Sem Messi, machucado, coube a Neymar e Mbappé conduzir o PSG em busca de sua classificação. Não foi fácil porque o rival jogou bem e saiu na frente. Desde o começo do jogo, o treinador do Leipzig se viu às turras com a arbitragem. Após o empate, ele não economizou em seus argumentos.

"Estava zangado com a atuação do árbitro desde o primeiro minuto. Já estou habituado a ver os grandes clubes a serem demasiado respeitados pelos árbitros, em detrimento dos pequenos. Portanto, ou deixo passar ou digo o que penso e tento obter mais respeito da parte da arbitragem."

Com a vitória do Manchester City diante do Brugge por 4 a 1, o time de Pep Guardiola assumiu a liderança do Grupo A, com nove pontos, mas ainda sem garantir matematicamente sua classificação para a fase de mata-mata da Liga. O PSG, com o empate, chegou a oito pontos, em segundo lugar. O resultado contra o time francês eliminou da briga o Leipzig, o que explica todo o desabafo do treinador. Com apenas 1 ponto em quatro partidas, o time não tem mais chance de se classificar.

A fama de Neymar corre o mundo. Em seu Instagram, por exemplo,o jogador brasileiro publicou duas fotos referentes à partida diante do rival da Alemanha. A primeira delas foi uma foto sua desembarcando em Leipzig, sem qualquer comentário. Estava vestindo uma blusa do Paris. O post teve 4 milhões de curtidas. Na outra foto, mais trabalhada, Neymar aparece ao lado da imagem de um leão, ambos abrindo a boca, rugindo, com uma passagem bíblica: "deixo a paz para vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. O post teve 1,4 milhão de curtidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.