Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Neymar precisa abrir mão de R$ 61 milhões por ano para voltar ao Barcelona, diz jornal

Mundo Deportivo dá detalhes da negociação e assegura que atacante quer retornar ao clube espanhol

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2019 | 08h57

O futuro de Neymar parece que realmente vai se tornar uma novela durante a janela de transferências. O jornal espanhol Mundo Deportivo, divulgou nesta segunda-feira que se o atacante quiser mesmo trocar o Paris Saint-Germain pelo Barcelona vai precisar reduzir o salário e abrir mão de R$ 61 milhões por ano para trocar de clube. O Barça também decidiu impor outras condições para o jogador.

De acordo com os números divulgados pelo jornal, Neymar recebe 36 milhões de euros (R$ 156,5 milhões) por ano no PSG - o que dá 3 milhões de euros (R$ 13 milhões) por mês. Para defender o Barcelona, ele teria que aceitar uma redução salarial e passaria a ganhar 22 milhões de euros (R$ 95,5 milhões), exatamente o que ele recebia quando deixou o clube espanhol, em 2017.

Além de aceitar ganhar menos, Neymar precisaria retirar o processo que move contra o clube no valor de 26 milhões de euros (R$ 113 milhões) alegando que deveria ter recebido as luvas da renovação de contrato com o time espanhol, que decidiu não pagar o valor alegando que ele não cumpriu o acordo ao se transferir para o PSG.

Ainda de acordo com o Mundo Deportivo, a negociação está sendo tratada diretamente pelo presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu. Apesar do interesse do clube espanhol, o PSG garante não ter interesse em negociar o jogador. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.