Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Neymar prevê que parceria com jovem Mbappé no PSG vai dar trabalho

Ao lado de Cavani, atacantes tiveram boa atuação na estreia da Liga dos Campeões

O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2017 | 20h26

A estreia do Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões foi avassaladora. Fora de casa, o time francês atropelou o Celtic por 5 a 0, nesta terça-feira, com outra boa atuação de Neymar. Apesar da participação fundamental de Cavani, que marcou duas vezes, o destaque foi mais uma vez o entrosamento entre o brasileiro e garoto Mbappé, de 18 anos, contratado do Monaco.

A dupla, prevê Neymar, vai dar trabalho. "A gente está melhorando a cada dia. Eu estou conhecendo o jeito que ele joga e ele está me conhecendo. Temos tudo para dar um pouquinho de trabalho nesses anos", afirmou o atacante, em entrevista ao Esporte Interativo.

"Para mim, é uma grande felicidade jogar com ele. É um menino novo, que está despontando no futebol. A gente fica feliz que apareçam novos craques, o futebol não pode parar. Ele tem muito que dar ao nosso time", acrescentou.

O desempenho de Mbappé também foi elogiado pelo técnico Unai Emery. "É um jogador jovem, é importante ganhar experiência. É isso que ele precisa. Ele será um grande jogador, e vai crescer neste time. Ele se movimentou muito bem com os outros jogadores de ataque. Eles disputaram apenas algumas partidas juntos, mas o time está evoluindo."

Em relação ao jogo, Neymar aprovou o desempenho da equipe na estreia. "É difícil falar que eles não têm o nosso nível. É uma grande equipe, bem aguerrida. É muito difícil jogar aqui (na Escócia) e fizemos uma excelente partida", disse. "Estou muito feliz, um grande começo para o nosso time. Começar com vitória é sempre muito importante", completou.

Emery também gostou do que viu. "Fizemos um grande trabalho no início da partida", comentou. "Hoje, estamos contentes. Mas precisamos ficar tranquilos, confiantes e seguir. Mas um jogo como o de hoje é bom para dar confiança. Estamos buscando uma identidade clara."

O próximo compromisso do PSG pela Liga dos Campeões será no dia 27 de setembro, contra o Bayern de Munique, em Paris. Os alemães estrearam com vitória sobre o Anderlecht por 3 a 0, em casa. "Claro que o próximo jogo é muito mais difícil. Sabemos disso e vamos trabalhar forte", comentou Neymar. 

Para o zagueiro Marquinhos, o PSG tem condições de somar mais três pontos. "Pela história que tem, e no papel, o Bayern tem uma equipe de muita qualidade. Mas nessa fase de grupos temos que nos concentrou muito. Ganhar todos os jogos é uma coisa muito importante, independentemente da qualidade do adversário", afirmou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.