Sebastien Nogier/EFE
Sebastien Nogier/EFE

Neymar demonstra confiança para a nova temporada apesar de dilema com o PSG: ‘Vai entrar tudo’

Em transmissão ao vivo, craque da seleção brasileira comentou as expectativas para a sequência de 2022; craque ainda não sabe se vai ficar no clube francês

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2022 | 10h48

A temporada europeia ainda nem começou, mas Neymar já demonstrou estar ansioso para que a bola comece a rolar. Vivendo dilema sobre a sua permanência no Paris Saint-Germain, em ano de Copa do Mundo, o atacante esbanjou confiança ao comentar a sua expectativa para a sequência de 2022. 

"Essa temporada vai entrar tudo, é só chutar. Vai, vai. Estou sentindo. Sabe quando está com um feeling bom. Vai chutar na Copa, gol. Chuta de esquerda, gooool. Cabeceia, gol. De cabeça eu estou bem. Treinei nas férias", disse o jogador durante uma transmissão ao vivo, na qua reagiu a lances de sua carreira. 

]A reapresentação de Neymar no PSG estava programada para ocorrer nesta segunda-feira, no entanto o camisa 10 apareceu no centro de treinamentos da equipe parisiense já na última semana para iniciar os trabalhos com a nova comissão técnica. Christopher Galtier, novo treinador do time da capital francesa, afirmou que "tem planos" para o craque e deseja que ele fique. 

Os rumores sobre uma possível saída de Neymar do PSG cresceram ao longo das últimas duas semanas, com a abertura da janela de transferências no Velho Continente. Segundo a imprensa francesa, a diretoria parisiense estaria disposta a negociar o brasileiro, em baixa com a torcida e com Mbappé, principal rosto do atual projeto esportivo do clube. O atacante francês teria reclamado das regalias e da falta de compromisso do brasileiro durante a novela pela sua renovação, que quase culminou com uma transferência para o Real Madrid. 

Neymar, contudo, teria acionado uma cláusula de renovação até 2027 para permanecer no clube francês, de acordo com informações divulgadas por jornais franceses como L'Équipe e Le Parisien. O Chelsea, que está fazendo uma grande reformulação — envolvendo elenco e direção —, é apontado como um dos possíveis destinos de Neymar. Um retorno ao Brasil, neste momento, é visto como improvável, pelas altas cifras que envolvem um acordo com o craque. 

Contratado junto ao Barcelona, em 2017, por 222 milhões de euros (R$ 812 milhões na cotação da época), Neymar não caiu no gosto da torcida parisiense. São crescentes as críticas ao seu futebol e principalmente a maneira como lida com os assuntos profissionais. A chegada de Messi no início da temporada 2021/2022 deu ares de renovação ao time e parecia ser um importante fator para potencializar o futebol do brasileiro, relembrando os áureos tempos de Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
NeymarParis Saint-Germainfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.