Neymar reclama de partida no domingo de carnaval

Neymar devia estar tão constrangido com a derrota que chegou a justificar os 3 a 1 diante do Paulista com o fato de o jogo ter sido disputado num domingo de carnaval. "É ruim perder, ainda mais no carnaval. Mas tem de dar uma cutucada. Jogo no domingo de carnaval não é para qualquer um. O pessoal de folga, não é para trabalhar", afirmou o atacante do Santos, após a partida no Pacaembu.

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h37

Neymar também reclamou do gramado, que ficou encharcado pela forte chuva no primeiro tempo. "Infelizmente a gente perdeu. O time vacilou um pouco. O gramado prejudicou o nosso futebol, que é um futebol mais rápido, principalmente no primeiro tempo", disse o atacante, que também admitiu as falhas santistas. "Tentamos a vitória no segundo tempo, mas ficamos muito vulneráveis."

O técnico Muricy Ramalho compartilhou da opinião de Neymar quanto aos espaços na defesa santista. Mas disse que foi obrigado a abrir o time porque o Paulista fez um gol logo no início do segundo tempo. "Falhamos logo de cara (na segunda etapa) e tivemos de abrir (ao tirar os laterais). Mas o Paulista se defendeu bem e mereceu a vitória, teve mérito", avaliou o comandante do Santos.

Foi a primeira derrota do Santos no Campeonato Paulista, que culminou com a perda da liderança - ficou com 14 pontos, um atrás da primeira colocada Ponte Preta. E Muricy disse que não considera que isso tenha sito "bom" para seu time nem mesmo como lição. "Perder nunca é bom, não tem hora para perder, precisamos ganhar sempre", avisou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.