Ian Langsdon/EFE
Ian Langsdon/EFE

Neymar se iguala a Rivaldo como maior artilheiro brasileiro na Liga dos Campeões

Astro marca em triunfo do PSG sobre o Liverpool nesta quarta-feira e chega aos mesmo 31 gols que o ex-jogador na competição

Estadão Conteúdo

28 Novembro 2018 | 21h06

Ao marcar pelo Paris Saint-Germain na vitória por 2 a 1 sobre o Liverpool, nesta quarta-feira, na capital francesa, Neymar se igualou a Rivaldo como maior artilheiro brasileiro da história da Liga dos Campeões da Europa. O astro agora contabiliza os mesmos 31 gols somados pelo ex-jogador campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002.

Para completar, o atacante do PSG ultrapassou Kaká, segundo maior goleador do Brasil na competição continental, com 30 bolas na rede, número alcançado com as camisas de Milan e de Real Madrid. Já Rivaldo superou goleiros adversários no torneio por Barcelona, Milan, Olympiacos e AEK Atenas. Neymar, por sua vez, fez gols por Barça e pelo clube parisiense.

Vale lembrar, entretanto, que essa estatística da Uefa leva em conta gols marcados também em jogos da fase preliminar da Liga dos Campeões. E Rivaldo marcou quatro de seus gols em partidas por este estágio anterior ao de grupos da competição.

Assim, pode-se dizer que a marca de Neymar é mais expressiva. E Kaká também marcou todos os seus 30 gols em partidas que ocorreram a partir da fase principal do interclubes mais importante do futebol europeu.

O brasileiro do PSG soma quatro gols nesta Liga dos Campeões e na tabela de artilheiros só está atrás de Lionel Messi, do Barcelona, e Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, ambos com seis bolas na rede cada, e de Edin Dzeko, com cinco.

Além de Neymar, Antoine Griezmann (Atlético Madrid), Andrej Kramaric (Hoffenheim), Paulo Dybala (Juventus), Moussa Marega (Porto) e Harry Kane (Tottenham) contabilizam quatro gols cada nesta edição da Liga dos Campeões.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.