Andrej Isakovic/AFP
Andrej Isakovic/AFP

Neymar se isola como maior artilheiro brasileiro na Liga dos Campeões

Atacante do PSG marca na goleada sobre o Estrela Vermelha por 4 a 1

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2018 | 21h31

Neymar se isolou nesta terça-feira como maior artilheiro brasileiro da história da Liga dos Campeões. O atacante do Paris Saint-Germain balançou a rede uma vez na goleada por 4 a 1 sobre o Estrela Vermelha, em Belgrado, pela última rodada do Grupo C, e chegou aos 32 gols marcados, ultrapassando Rivaldo.

Na última rodada da Liga dos Campeões, o astro do PSG havia se igualado ao campeão mundial com a seleção brasileira em 2002, ao marcar no triunfo por 2 a 1 sobre o Liverpool. Rivaldo marcou seus gols no torneio por Barcelona, Milan, Olympiacos e AEK Atenas. Neymar, por sua vez, balançou a rede pelo Barça e o clube parisiense.

Vale lembrar, entretanto, que essa estatística da Uefa leva em conta gols marcados também em jogos da fase preliminar da Liga dos Campeões. E Rivaldo marcou quatro de seus gols em partidas por este estágio anterior ao de grupos da competição.

Neymar marcou todos os seus gols no estágio principal do torneio. O brasileiro do PSG soma cinco gols nesta Liga dos Campeões e na tabela de artilheiros só está atrás de Lionel Messi, do Barcelona, e Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, ambos com seis bolas na rede cada.

Com um gol e uma assistência nesta terça-feira, Neymar ajudou o PSG a garantir vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões como primeiro colocado da chave. O time parisiense somou 11 pontos neste estágio do torneio, enquanto o Liverpool avançou em segundo, com nove.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.