Antonio Lacerda/EFE
Antonio Lacerda/EFE

Neymar sente joelho e deixa treino da seleção brasileira antes do fim

Jogador acusa dores após chutar a gol com a perna esquerda e deixa o campo mancando

Marcio Dolzan / Enviado Especial / Teresópolis, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2019 | 17h53

A seleção brasileira pode ter ganhado sua primeira grande preocupação nesta terça-feira. O atacante Neymar saiu do treino mais cedo após sentir o joelho esquerdo. O jogador acusou dores após chutar a gol com a perna esquerda. Ele deixou o campo mancando.

O lance aconteceu já nos minutos finais de treino, uma atividade realizada em metade do campo sob orientação do técnico Tite. Os 16 jogadores que já estão concentrados foram divididos em dois times – alguns atletas da base compuseram o treino. Foi uma espécie de coletivo.

A disputa foi acirrada, mas sem lances ríspidos. Neymar sentiu o joelho sem aparentemente ser tocado; ele chutou a gol de dentro da área, com Thiago Silva à frente. Logo depois do chute, o atacante fez feição de dor, segurou o joelho esquerdo e começou a mancar, deixando o campo caminhando.

Pouco depois, o médico da seleção, Rodrigo Lasmar, foi até o atacante. Após uma rápida conversa, os dois deixaram o treino. A assessoria da seleção informou apenas que Neymar sentiu um "desconforto" e que "já iniciou o tratamento e segue em observação".

Esse foi o terceiro treino com bola de Neymar na seleção brasileira. O jogador se juntou ao grupo no sábado, tendo participado de atividades no mesmo dia e na manhã de domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.