Roslan Rahman / AFP
Roslan Rahman / AFP

Neymar será submetido a exames em Paris após deixar amistoso com lesão

Atacante sentiu desconforto na coxa e foi substituído aos onze minutos do primeiro tempo no amistoso contra a Nigéria

Dani Arruda, especial para o Estado, Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2019 | 14h12

O atacante Neymar será submetido a exames mais detalhados nesta semana em Paris para saber a gravidade da lesão na coxa esquerda que o tirou do amistoso contra a Nigéria, neste domingo, em Cingapura. As informações são do médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar. 

O jogador sentiu a lesão logo aos sete minutos do primeiro tempo, após uma arrancada. Permaneceu em campo por mais quatro minutos, e acabou substituído por Philippe Coutinho.  Neymar passou o restante do primeiro tempo sentado no banco de reservas e com uma porção de gelo no local lesionado. Após o intervalo, desceu com os demais jogadores e não retornou. 

Segundo Rodrigo Lasmar, Neymar relatou ter sentido um “desconforto” no local. Diante da descrição pouco precisa, a comissão técnica e o jogador optaram por deixar o jogo. 

“Ele não citou uma dor aguda. Apenas um desconforto. Pediu para continuar, mas percebeu que não era uma situação normal e pediu para sair. Precisamos da realização de um exame de imagem para entender o que aconteceu, se apenas uma fadiga muscular ou algo que requer mais cuidado”, informou Lasmar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.