Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

'Neymar tem 26 anos, mas parece adolescente', diz jornalista francês

Correspondente no Brasil, repórter foi incumbido por uma das maiores editoras da França de apresentar o craque ao público do país

Entrevista com

Eric Frosio

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

08 Março 2018 | 07h00

Jogador mais caro da história do futebol, em agosto do ano passado Neymar custou 222 milhões de euros (R$ 820 milhões na cotação do dia do pagamento) ao Paris Saint-Germain e provocou uma verdadeira revolução no futebol francês. A sua chegada a Paris despertou também a curiosidade de torcedores que pouco conheciam a trajetória do craque.

+ Temporada 2018-2019 no PSG deve começar por Neymar e sem Emery

+ Neymar abre recuperação em mansão de R$ 28 milhões e megaestrutura em Mangaratiba

Foi, então, que a editora Solar, uma das maiores da França, resolveu contratar o jornalista Eric Frosio, correspondente no Brasil do jornal L’Equipe e da revista France Football, para escrever a biografia de Neymar e apresentar o craque aos franceses. Frosio foi a Santos e São Vicente e fez quase cem entrevistas com personagens como Carlos Alberto Parreira, Fred, Renato Augusto e Marquinhos. Ficou faltando só o pai de Neymar. “Ele chegou a marcar a entrevista, mas depois cancelou”, conta.

O prefácio do livro foi escrito pelo zagueiro Thiago Silva, companheiro de Neymar na seleção e no PSG. A data de publicação na França estava marcada para maio, mas acabou adiada devido à lesão sofrida por Neymar no quinto metatarso do pé direito. Agora, a previsão é de que o livro, que ainda não tem nome definido, seja lançado depois da Copa do Mundo, em setembro. Confira abaixo entrevista do autor ao Estado.

Entre as quase cem entrevistas que você fez, qual parte da vida do Neymar mais chamou a sua atenção?

Gostei de contar a infância dele através do testemunho de amigos da época em que ele jogava futsal. Achei essa parte muito bacana.

O que mais te surpreendeu na trajetória de vida do Neymar?

Foi o fato de as pessoas que convivem com ele, os amigos da seleção brasileira, pessoas com quem ele teve contato na infância, enfim, todo mundo, achar que ele é um cara generoso, do bem, que tem bom coração. Mas, a imagem que ele tem com o público é totalmente contrária, de um cara individualista, metido e arrogante. Então, isso quer dizer que existe algo de errado na história. Ou os caras estão exagerando nas qualidades do menino ou ele está, realmente, passando uma imagem diferente do que ele é de verdade.

O livro terá revelações exclusivas?

Durante a apuração, consegui informações dos bastidores do momento em que ele decidiu sair do Barcelona para jogar no futebol francês no segundo semestre de 2017. Conto ainda como ele esteve muito perto de sair do Barcelona um ano antes e quase foi para o PSG ainda em 2016. Também mostro como foram as negociações para ele ficar no Santos antes de seguir para a Europa, mesmo com o interesse de Real Madrid e Chelsea. A ideia foi tentar entender como o clube brasileiro conseguiu segurá-lo por mais tempo.

Como os franceses estão reagindo à chegada de Neymar ao Paris Saint-Germain?

Os franceses não estão acostumados a isso, realmente é uma novidade. Ainda há uma incompreensão sobre a forma como o Neymar vive. O Campeonato Francês tem poucas estrelas e o público não tinha muita noção do tamanho de um jogador como ele. Por enquanto, não há uma conexão dele com o público. Diria que esse casamento ainda não pegou muito bem. Não digo em relação à torcida do PSG que, é claro, está do lado dele, mas o público francês, em geral, está em dúvida em relação a ele, ainda está perplexo.

Você diz que o público francês não está acostumado a grandes estrelas, mas o David Beckham jogou no PSG em 2013...

O Beckham ficou pouco tempo no PSG e se escondia em casa. De vez em quando, a gente ficava sabendo que ele tinha organizado um churrasco com os amigos, mas não saía nada nas redes sociais. E outra coisa, ele estava quase aposentado, era um homem de 38 anos. Neymar, apesar de ter 26 anos, parece um adolescente. Ele faz coisas de menino, garoto.

As redes sociais ajudaram na construção dessa imagem do Neymar?

Ele cresceu assim. Tudo o que fez de importante, ele divulgou nas redes sociais. Foi assim, por exemplo, quando saiu do Santos. Até o nascimento do filho, o David Lucca, ele anunciou no Instagram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.