Divulgação/Barcelona
Divulgação/Barcelona

Neymar tem alta médica e voltará a jogar após um mês afastado

Brasileiro desfalcou a equipe em oito partidas, mas agora está liberado para atuar contra o Rayo Vallecano

Agência Estado

14 de fevereiro de 2014 | 10h29

BARCELONA - O Barcelona anunciou nesta sexta-feira que Neymar recebeu alta médica para poder voltar a jogar, 29 dias depois de ter se machucado em jogo do time catalão contra o Getafe, pela Copa do Rei. Após lesionar o tornozelo direito em 16 de janeiro, o brasileiro desfalcou a equipe em oito partidas, mas agora está liberado para atuar no confronto deste sábado, contra o Rayo Vallecano, às 17 horas (de Brasília), no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.

Ao confirmar o retorno do atacante, o Barça destacou que o time contará a "volta da magia brasileira" em campo. Embora tenha recebido alta médica apenas nesta sexta, Neymar vem treinando junto com o elenco comandado pelo técnico Gerardo Martino desde a última segunda-feira.

Ao festejar a volta de Neymar, o Barça lembrou que o astro disputou 25 partidas pela equipe nesta temporada europeia, na qual marcou um total de 11 gols. Com o atleta em campo, o time ganhou 18 jogos, empatou cinco e perdeu apenas dois, contra Ajax e Athletic Bilbao.

Pronto para voltar ao Barcelona contra o Rayo Vallecano, Neymar é a principal novidade da lista de 21 jogadores relacionados para o duelo, sendo que o meia Xavi acabou ficando fora deste grupo nesta sexta-feira.

Segundo o clube, ele foi descartado da partida por "decisão técnica" de Gerardo Martino, que deverá poupar o jogador visando o jogo da próxima terça-feira, contra o Manchester City, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Nesta sexta, Xavi acabou realizando apenas um trabalho específico no ginásio do Barça e não treinou ao lado dos companheiros.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolFC BarcelonaNeymar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.