Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Neymar vai se apresentar de forma voluntária à Polícia, diz advogado

Representante do jogador afirma que ele está interessado em esclarecer o quanto antes a acusação de estupro

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2019 | 20h28

O atacante Neymar vai se apresentar de forma voluntária à Polícia de São Paulo. A informação foi divulgada pelo advogado do jogador, Davi Tangerino, em entrevista à TV Bandeirantes. O representante do jogador informou que a data exata depende apenas da agenda da delegacia. Entenda o caso e tudo que já foi noticiado sobre o suposto estupro cometido pelo jogador.

“O Neymar vai se apresentar voluntariamente, já está decidido faz bastante tempo. Agora é encontrar um dia que seja conveniente para a delegacia, com o fluxo da investigação. Ele é o maior interessado em esclarecer isso”, disse Tangerino.

O advogado informou que ainda não há uma data precisa para o depoimento do jogador. “Não há um tempo definido. Quem manda na condução dos atos do inquérito é a delegada. Tem de ver qual o momento que ela quer ouvi-lo. Quando esse momento chegar, ele irá se apresentar para esclarecer a verdade dos fatos. Não sei precisar esse tempo”, completou.

Tangerino se reuniu com a delegada do caso nesta segunda-feira, na 6ª delegacia da Defesa da Mulher. O advogado não quis dar muitos detalhes da conversa com a delegada Juliana Lopes Bussacos, mas reafirmou o interesse de seu cliente explicar o quanto antes tudo que aconteceu. 

“Recebemos uma verdade e um sentimento de injustiça muito grande por ter passado por este episódio. Todos têm direito a advogado; portanto, o vídeo do Neymar fala por si com muita verdade, sentimento de injustiça e indignação. Ele é o maior interessado em conhecer a verdade, e a verdade vai prevalecer”, assegurou. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.