Daniel Beloumou Olomo/AFP
Daniel Beloumou Olomo/AFP

Nigéria mantém campanha perfeita na Copa Africana das Nações; Egito se classifica

Terceira colocada na edição passada, a meta nigeriana é voltar a decidir o título após jejum de nove anos - foi campeã em 2013

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2022 | 18h52

A Nigéria continua soberana na atual edição da Copa Africana das Nações. Em busca do tetracampeonato, a seleção avançou às oitavas de final apenas com vitórias. Nesta quarta-feira, a vítima foi a seleção de Guiné-Bissau, superada por 2 a 0 no Roumdé Adjia Stadium, em Garoua, e eliminada na primeira fase.

Terceira colocada na edição passada, a meta nigeriana é voltar a decidir o título após jejum de nove anos - foi campeã em 2013. E as Super Águias estão fortes. São seis gols marcados, somente um sofrido e única seleção com 100% de aproveitamento entre as 24 participantes da atual edição.

Depois de superar o Egito e o Sudão, os nigerianos viram a seleção guineense se portar bem defensivamente no primeiro encontro entre ambos até o intervalo. Diante se um paredão defensivo, o 0 a 0 prevaleceu até o descanso.

A força da Nigéria foi confirmada porém, no segundo tempo, com Umar e Ekong indo às redes e garantindo a quinta vitória da seleção nos últimos seis jogos. Guiné-Bissau ainda lutou até o fim pelo gol de honra, mas acabou dando adeus à competição com seu ataque zerado.

A segunda colocação do Grupo D ficou com o Egito do atacante Mohammed Salah, que fez 1 a 0 sobre o Sudão, gol de Abdelmoneim, e avançou com seis pontos. O oponente acabou eliminado com somente um.

Com os resultados desta quarta-feira, duas seleções já se garantiram nas oitavas de final como melhores terceiros colocados: Cabo Verde e Malawi. Depois de aprontar para cima de Gana, a estreante Comores segue com chances de avanço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.