Nigéria volta atrás e diz que vai sediar Mundial Sub-17

A Nigéria mudou de idéia e afirmou que terá condições de sediar o Mundial Sub-17 de futebol no próximo ano. Para isso, no entanto, o país africano vai adotar uma drástica redução de custos na organização do evento. Na semana passada, o governo afirmou não ter condições de organizar o Mundial por conta da crise financeira mundial. Umaru Yar''Adua, presidente da Nigéria, disse nesta terça-feira que o país vai sediar o Mundial, como estava previsto anteriormente. No entanto, os custos para organização vão cair para US$ 76 milhões, que correspondem a, aproximadamente, apenas 25% do que estava previsto inicialmente. O presidente nigeriano também revelou que a Fifa e o setor privado do país vão ajudar financeiramente na organização do Mundial Sub-17. A competição será disputada entre os dias 24 de outubro e 15 de novembro de 2009.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.