Nigeriano Obasi desfalca Hoffenheim por três meses

O atacante da seleção nigeriana Chinedu Obasi passará por uma cirurgia na canela esquerda, na próxima semana, e desfalcará o Hoffenheim por cerca de três meses. A informação foi confirmada pelo clube alemão na manhã desta sexta-feira.

AE-AP, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 09h36

O problema de Obasi começou a surgir durante a Copa do Mundo da África do Sul, quando sofreu uma fratura por stress na canela. Mas depois de tentar regressar no Campeonato Alemão e disputar quatro partidas, o atacante nigeriano voltou a sentir o problema. Assim, precisará passar pela cirurgia.

Este será um importante desfalque para o Hoffenheim, que luta para engrenar no Alemão. Em 12 partidas disputadas, a equipe está brigando pelas posições intermediárias após vencer cinco e somar 18 pontos, 13 a menos do que o líder Borussia Dortmund.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolHoffenheimChinedu Obasi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.