Nike vai manter contrato de Ronaldo

O gerente de Comunicações da Nike, Ingo Ostrovsky, confirmou, hoje, que uma cláusula do contrato com o atacante Ronaldo permite que haja rescisão do acordo. "Se o Ronaldo ficar fora da seleção durante dois anos, pode ter o contrato rescindido", contou Ingo. No início do segundo semestre, Ronaldo completará dois anos sem vestir a camisa do time nacional. Mesmo assim, o gerente de Comunicações garante que não existe nenhuma possibilidade de rompimento entre a multinacional americana e o jogador. "Não vamos deixar o Ronaldo solto por aí e estamos torcendo para que ele retorne o mais rápido possível." Ingo admitiu, no entanto, que a ausência de Ronaldo dos campos de futebol causa um prejuízo de imagem para a Nike. "Se ele não joga, a chuteira não aparece." No dia 12, Ronaldo esteve presente na inauguração de um centro de treinamento de futebol, que leva seu nome, na sede da empresa, em Beaverton, em Portland Oregon, nos Estados Unidos. Amistoso - Antes do início da Copa das Confederações, a seleção brasileira disputará um amistoso contra o Verdy Kawasaki, no dia 26 de maio. Curiosamente, a equipe japonesa também é patrocinada pela Nike.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.