Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Nilmar pede demissão e Santos acerta rescisão contratual do atacante

Atacante atuou por menos de 40 minutos com a camisa do alvinegro

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2017 | 20h34

A curta e apagada passagem de Nilmar pelo Santos chegou ao fim nesta quarta-feira. O clube paulista acertou a rescisão contratual do atacante de 33 anos após pedido do próprio jogador, conforme anunciou em nota oficial. Os motivos que levaram ao término do vínculo, no entanto, não foram revelados.

+ Em reunião, Modesto Roma promete colaboração com o novo presidente do Santos

"A rescisão do contrato de trabalho do atleta Nilmar decorreu de seu pedido unilateral de demissão", limitou-se a comentar a assessoria do clube, horas depois de o rompimento do vínculo ter sido publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Apesar da rescisão ter acontecido somente nesta quarta-feira, o contrato de Nilmar já havia sido suspenso pelo clube, também por pedido do próprio atacante. Em setembro, ele foi diagnosticado com depressão, pediu o afastamento das atividades e foi atendido pela diretoria alvinegra.

De lá para cá, o Santos aguardava a recuperação de Nilmar para determinar sua sequência com a camisa do clube. E por mais que não tenha sido divulgado o motivo, a rescisão com o time paulista coloca em dúvida o futuro da carreira do atleta.

Nilmar ficou em campo pelo Santos por menos de 40 minutos. Ele atuou em duas partidas pelo clube, contra Coritiba e Cruzeiro, pelo Brasileirão, sempre entrando no segundo tempo. O jogador havia sido apresentado no dia 10 de julho, após mais de um ano sem atuar profissionalmente.

Tudo o que sabemos sobre:
NilmarSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.