Nilson vai bem e pode ser a 'sombra' de Ricardo Oliveira

Nilson vai bem e pode ser a 'sombra' de Ricardo Oliveira

Atacante reserva estreou bem pelo Santos

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2015 | 20h56

O atacante Nilson foi aprovado em sua estreia com a camisa do Santos. Ao substituir Ricardo Oliveira, artilheiro do Campeonato Brasileiro que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o camisa 39 mostrou boa movimentação, procurou o jogo e não decepcionou na vitória sobre o Joinville por 2 a 0 na Vila Belmiro. “Todos acreditamos nele. É um cara que merece, trabalhador. Conversei com ele (Nilson) antes de a bola rolar. É a oportunidade que eu estava esperando”.

O técnico Dorival Júnior aprovou a atuação do atacante reserva. “Nilson estava fora de ritmo, não tinha uma sequência. Enquanto ele teve forças, cumpriu muito bem a função. Fez parede, serviu companheiros”, comentou o treinador.

Nilson não marcou gols – os dois foram anotados por Gabriel -, mas saiu aplaudido no final da vitória sobre o Joinville. “Foi uma estreia boa. Acredito que na medida do possível fiz o melhor. A minha função era segurar a bola e esperar o time sair. Em algumas oportunidades, poderia até finalizar, mas optei tocar para o lado e buscar quem estava melhor posicionado”, analisou o atacante de 24 anos.

Nilson se destacou no São Bento no Campeonato Paulista deste ano. Elogiado pelo desempenho nos treinamentos, o atleta já havia atuado em três jogos, mas sempre entrando no segundo tempo.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.