Nilton minimiza dores e diz que vai jogar pelo Cruzeiro

O volante Nilton garante que não passou de um susto as dores na coxa que o incomodaram na derrota por 3 a 1 do Cruzeiro para o Grêmio, quarta-feira, em Porto Alegre, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador garantiu que o problema não vai deixá-lo de fora do duelo com o Vitória, sábado, no Mineirão.

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 16h17

"Foi uma pancada que eu acabei tomando na coxa, mas nada de grave. A pancada foi muito forte tentei ainda continuar na partida, infelizmente não deu para continuar ajudando mais ainda a equipe", comentou Nilton, que marcou o gol do Cruzeiro contra o Grêmio e foi substituído por Lucas Silva no final do segundo tempo por causa das dores.

A saída de Nilton causou mais preocupação porque o volante foi poupado na semana passada na partida contra o Criciúma por causa de cansaço muscular. Mas o volante garante que não será problema para o jogo com o Vitória, ao contrário do zagueiro Bruno Rodrigo, do atacante Luan e do volante Souza, que precisarão cumprir suspensão automática na partida do próximo sábado.

O zagueiro Léo, o atacante Martinuccio e o volante Leandro Guerreiro são os favoritos a substituir o trio. Além disso, o lateral-direito Mayke, que foi poupado contra o Grêmio, reforçará o Cruzeiro diante do Vitória.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiroNilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.