Nilton se defende após falta violenta e expulsão

Apesar da goleada por 4 a 0 sobre o ABC neste sábado, pela Série B do Brasileiro, o Corinthians jogou todo o segundo tempo com um jogador a menos. A inferioridade numérica se deu por causa da expulsão do volante Nilton, que fez falta violenta no zagueiro Paulo César aos 38 minutos da etapa inicial, quando o time paulista já vencia por 2 a 0.Veja também: Corinthians vence o ABC em jogo 1.500 no Pacaembu  Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoAlém da expulsão imediata e de desfalcar o Corinthians no próximo jogo da Série B, contra o Fortaleza, no dia 6 de setembro, ainda pesa contra Nilton o fato de Paulo César ter saído de campo com a tíbia quebrada, indo diretamente para o Hospital São Luiz.Mesmo assim, o volante corintiano se defendeu após o jogo. "Eu não tive a intenção de machucar o rapaz. Não tenho por que fazer isso", disse Nilton, que neste sábado fez seu primeiro jogo após cumprir suspensão. Além de Nilton, o técnico Mano Menezes também não poderá contar com o atacante Herrera no próximo domingo. O argentino levou o terceiro cartão amarelo e é mais um desfalque para o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.