Nilton vê Cruzeiro 'tranquilo', mas quer vitória domingo

A queda para o São Paulo na última quarta-feira foi a primeira do Cruzeiro no Mineirão em 2013 e colocou fim a uma sequência de 12 jogos sem derrota da equipe. No entanto, o resultado não mudou a tranquilidade dos mineiros na ponta da tabela, já que o vice-líder Grêmio também perdeu - para o Criciúma - e a vantagem cruzeirense permaneceu em 11 pontos: 59 a 48.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 19h08

"A equipe está tranquila, não tem muito o que se preocupar, uma derrota ia vir mais cedo ou mais tarde. Vamos falar que veio no momento certo, até pela derrota do Grêmio também. Mantivemos os onze pontos de diferença e vamos com forma total no clássico para tentarmos manter ou quem sabe ampliar a liderança", disse o volante Nilton.

Mesmo com a larga vantagem na ponta da tabela, Nilton sabe da importância de uma vitória diante do maior rival, o Atlético-MG, no clássico que acontecerá neste domingo, no Independência. Para o volante, um resultado positivo recolocará o Cruzeiro no caminho para a conquista do Brasileirão.

"A equipe sabe da importância desse próximo jogo contra o Atlético-MG, a rivalidade no estado. Temos que entrar com força total, porque vai ser um jogo muito disputado, muito duro, competitivo. Sabemos que lá no Independência é sempre difícil, mas não impossível e vamos tentar buscar os três pontos", apontou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiroNilton

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.