"Ninguém pode colocar em dúvida o mérito da Itália", diz Toni

Depois de se sagrar o artilheiro do Campeonato Italiano, com 31 gols, o atacante Luca Toni fechou a temporada 2005/06 com a chave de ouro ao conquistar o tetracampeonato mundial com a seleção italiana neste domingo, na vitória sobre a França nos pênaltis, por 5 a 3. "Esta é uma felicidade completa. Ganhar o tetra é algo fenomenal para um jogador como eu, que nunca tinha participado de um Mundial. Realmente, estou nas nuvens", comentou o jogador da Fiorentina, que pode ser rebaixada à Série B do Nacional. O avante, que balançou as redes dos adversários por duas vezes neste Mundial, fez questão de enaltecer a campanha da equipe comandada pelo treinador Marcello Lippi. "Enfrentamos um grande adversário. Ninguém pode colocar em dúvida o mérito da Itália nessa conquista. Eliminamos a anfitriã Alemanha (nas semifinais) e hoje outro campeão do mundo", analisou. Ele dedicou o título aos fanáticos torcedores italianos. "Sabemos que nos apoiaram com paixão da Sicília até a Lombardia. Este prêmio é para eles, porque sentimos seu apoio em todo a Copa".

Agencia Estado,

09 Julho 2006 | 22h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.