Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Nino admite incômodo no Fluminense com a 15ª colocação no Campeonato Brasileiro

Zagueiro afirmou que time se cobra para conseguir reagir e melhorar a posição na tabela

Redação, Estadão Conteúdo

17 de maio de 2019 | 15h38

O zagueiro Nino admitiu, nesta sexta-feira, que a 15.ª colocação no Campeonato Brasileiro incomoda o elenco do Fluminense. Depois da derrota no clássico para o Botafogo, o time carioca recebe o Cruzeiro, neste sábado, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela quinta rodada.

"Sabemos que o começo não está sendo bom, mesmo com boas atuações. Quando a vitória não vem, acaba nos prejudicando. Está nos incomodando. Precisamos ganhar e melhorar isso. Vamos fazer de tudo para mudar a situação, para já neste jogo entrar empenhados para que a vitória possa vir", disse o atleta, em entrevista coletiva.

Aos 22 anos, o jogador festeja o bom momento na carreira. "Cada jogo continua sendo muito especial para mim, pelas oportunidades que eu tenho tido. Durante muito tempo eu sonhei com isso. Tento encarar todos os jogos da melhor maneira possível, fazendo o meu melhor para ajudar o time e deixar boas impressões sempre que posso. Tem sido muito especial e eu estou muito feliz", afirmou.

Para o jogo deste sábado, Nino revelou a sua admiração por Fred, atacante que vai ter de marcar mais uma vez, após o empate da última quarta-feira pela Copa do Brasil. "Durante muito tempo acompanhei o Fred jogar. Para mim, é uma honra poder marcá-lo. Na primeira partida consegui marcar bem e ele não fez gol. É muito importante, a gente como zagueiro, anular um jogador como o Fred".

Para fazer o seu trabalho no setor defensivo do time tricolor carioca, Nino conta com a ajuda de Matheus Ferraz, com quem tem bom relacionamento. "O Ferraz é um cara sensacional, não só dentro de campo. Para mim, é um prazer fazer a dupla com ele, um jogador que está em uma fase muito boa. É um cara com muito futebol, tem me ensinado e eu tenho tentado absorver o máximo que posso", revelou.

Para o duelo pela quinta rodada do Brasileirão, o técnico Fernando Diniz não deverá contar com Pedro, que ficou fora do treino nesta sexta-feira. O atacante ainda sente dores na perna esquerda, por causa de uma pancada sofrida diante do Botafogo. Outro desfalque deverá ser o volante Airton, ausente nos dois últimos treinos, devido a uma lesão na coxa esquerda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.