Felipe Oliveira / EC Bahia
Felipe Oliveira / EC Bahia

No 1º jogo sem Ceni, Fortaleza perde do Bahia em duelo atrasado da 18ª rodada do Brasileirão

Em Salvador, time de Mano Menezes faz 2 a 1 e ultrapassa o rival na tabela de classificação

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2020 | 21h02

Em jogo adiado da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia levou a melhor sobre o Fortaleza, venceu por 2 a 1 na Fonte Nova, nesta quarta-feira, e se  afastou um pouco da zona do rebaixamento. Foi a primeira partida da equipe visitante sem o técnico Rogério Ceni, que assumiu o comando do Flamengo.

Com 25 pontos, o Bahia pulou para a nona posição, ultrapassando inclusive o próprio Fortaleza, que é agora o 12º colocado, com um ponto a menos.

As duas equipes estão perigosamente próximas da zona do rebaixamento, que começa com o Botafogo, com 20 pontos em 19 jogos. O Fortaleza também tem 19 jogos, mas o Bahia disputou uma partida a mais.

O jogo começou com o Fortaleza mais ligado e impondo um ritmo forte nos primeiros minutos. Aos poucos, no entanto, o Bahia equilibrou as ações e passou a ser mais perigoso.

Aos 24 minutos, o time da casa abriu o placar aproveitando falha do goleiro Felipe Alves, que deixou o gol mas não conseguiu cortar o cruzamento. A bola sobrou para Juninho, que completou de cabeça para as redes.

Após o gol, o Bahia passou a atuar nos contra-ataques, deixando a responsabilidade de tomar a iniciativa para o Fortaleza, mas o time visitante tinha dificuldade para construir jogadas de perigo através.

A resposta do Fortaleza só veio aos 19 minutos do segundo tempo, quando Bergson recebeu cruzamento de Osvaldo e, também de cabeça, empatou a partida.

No entanto, não demorou para o Bahia voltar a ficar na frente. Apenas seis minutos mais tarde, Gilberto foi derrubado por Felipe dentro da área e o árbitro carioca Wagner do Nascimento Magalhães marcou pênalti. O próprio Gilberto cobrou com categoria para garantir a vitória por 2 a 1.

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado, quando recebe o São Paulo, no Castelão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na segunda-feira, dia 16 de novembro, o Bahia encara o Coritiba, no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 2 X 1 FORTALEZA

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba (Elton), Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Ronaldo, Edson (Anderson Martins) e Daniel (Rodriguinho); Élber (Clayson), Gilberto (Saldanha) e Fessin. Técnico: Mano Menezes.

FORTALEZA - Felipe Alves; Gabriel Dias, Roger Carvalho (Carlinhos), Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe (Ronald) e Romarinho (Tinga); Osvaldo (Yuri César), David (Wellington Paulista) e Bergson. Técnico: Marconne Montenegro.

GOLS - Juninho, aos 24 minutos do primeiro tempo. Bergson, aos 19, e Gilberto, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Juninho Capixaba, Ronaldo e Anderson Martins (Bahia); Paulão e Felipe (Fortaleza).

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.