No 370.º jogo, Marcos comemora nova boa fase no Palmeiras

'Meu desejo é retribuir tudo que o clube fez para mim, diz o goleiro antes do jogo contra o Sport Recife

Juliano Costa, Jornal da Tarde

23 de abril de 2008 | 18h08

O jogo desta quinta-feira, contra o Sport, será o de número 370 de Marcos pelo Palmeiras. O goleiro já é o 19.º jogador com mais partidas na história do clube. "Não ligo muito para números, mas estou feliz demais vivendo essa nova fase pelo Palmeiras", diz Marcos, que viveu um inferno astral nos últimos dois anos, quando disputou apenas 26 jogos, por causa de seguidas contusões. Veja também: TV ESTADÃO: debate sobre as finais do Paulistão Vote: qual time vai ser o campeão de 2008?  De volta aos bons tempos, com a mesma camisa 12 que vestiu em sua consagração, na Libertadores de 1999, Marcos diz que se sente "como um garoto". "Meu desejo é retribuir tudo o que o Palmeiras fez para mim nesse período, trazendo ao clube conquistas e glórias", diz o goleiro, que, se tudo correr bem, pode fazer até mais 58 jogos neste ano, contando o Brasileiro e se o time chegar às finais da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. "Não sou de ligar muito para números, mas estou muito feliz." Aos 34 anos, Marcos tem um currículo recheado de títulos, mas jura que esquece tudo isso na hora de entrar em campo. "Enquanto estiver jogando, não vou me contentar apenas em vir aqui e fazer o meu. Não gosto de perder nem jogo de truco com meus irmãos", brinca. "Se o Palmeiras chegou até aqui, vamos brigar mais e mais para atingir nossos objetivos. Ainda não conquistamos nada, mas, se dermos mais um passo, estaremos cravando uma nova página na vida do Palmeiras. E eu desejo muito que isso aconteça."

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCopa do BrasilMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.