No ABC, PM teve problemas antes do jogo

Aparentemente a Polícia Militar não teve problemas de brigas entre as duas torcidas na semifinal entre São Caetano e Santos, neste sábado à tarde, no ABC. A maior preocupação ficou para a entrada dos torcedores, que foi tumultuada, pelo menos, em dois portões. No Portão 3, destinado ao Ingresso-Família houve muita fila e discussão. Vários torcedores queriam entrar com o mesmo bilhete, que dá direito para um torcedor, sua mulher e três crianças. A fila só acabou por volta das 16h30, portanto, com o jogo em andamento. No Portão 5, destinado aos santistas, houve muita pressão para a entrada. Muitos torcedores estavam sem ingresso e queriam entrar no estádio. Depois de muita pressão parte destes torcedores conseguiu sucesso na invasão. O setor destinado à torcida do Santos estava repleta quase uma hora antes do início do jogo. Dos 16.420 torcedores pagantes, boa parte - cerca de 12 mil sanbtistas - deixou o estádio a partir dos 25 minutos da etapa final, quando o jogo já parecia definido. Os santistas que ficaram não deixaram de xingar os jogadores na entrada para o vestiário. Os mais visados eram o goleiro Doni e o volante Claiton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.