Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

No aguardo por um técnico, Santos tem problemas no ataque para encarar o Cruzeiro

Rodrygo e Eduardo Sasha serão reavaliados pelo departamento médico do clube

O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2018 | 11h50

Enquanto a sua diretoria trabalha para poder anunciar o seu novo técnico para o lugar de Jair Ventura, demitido há uma semana, o Santos enfrenta problemas para definir o seu ataque titular que terá pela frente o Cruzeiro, na quarta-feira, às 19h30, na Vila Belmiro, pelo duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

+ Chulapa vê injustiça em revés do Santos e diz não ligar para as vaias da torcida

+ Com gol polêmico, Santos perde do América-MG e chega ao quarto jogo sem vitória

+ Leia mais sobre o Santos 

Rodrygo lesionou o tornozelo esquerdo na derrota por 1 a 0 para o América-MG, no último domingo, também no estádio da equipe santista, e o também atacante Eduardo Sasha precisou ser substituído no intervalo por Yuri Alberto após acusar dores na coxa esquerda na partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois jogadores estão sendo reavaliados pelo departamento médico do clube, sendo que ambos são considerados dúvidas para o jogo contra os cruzeirenses. Rodrygo acabou se machucando no final da partida de domingo ao se chocar acidentalmente com o zagueiro santista Gustavo Henrique.

Após uma falta batida pela direita, o atacante trombou com o defensor dentro da grande área ao tentar completar o cruzamento e acabou deixando o gramado em seguida, saltando apenas com a perna direita depois de ter sofrido uma pancada na esquerda. Fora do campo e com muitas dores, não conseguiu mais voltar para o jogo.

Sem Jair Ventura, o Santos foi comandado pelo interino Serginho Chulapa na partida contra o América-MG. E o ex-atacante que tem cargo de auxiliar técnico na comissão permanente alvinegra vai dirigir o início dos preparativos do time para o duelo contra o Cruzeiro, no CT Rei Pelé.

E o clube paulista também luta contra o tempo para regularizar as situações do meia costarriquenho Bryan Ruiz e do volante uruguaio Carlos Sánchez, recém-contratados, que ainda foram inscritos no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF porque os seus vistos de trabalho no País atrasaram. O prazo para inscrição de jogadores que estejam aptos para atuar na Copa do Brasil vence justamente nesta segunda-feira.

Na 16ª posição do Brasileirão, o Santos poderá fechar a 16ª rodada na zona de rebaixamento caso o Bahia ao menos empate com o Atlético Mineiro, nesta segunda, às 20 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O time baiano tem os mesmos 16 pontos da equipe santista, mas está encabeçando a área da degola da tabela, em 17º lugar, pelo saldo inferior de gols.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.