Paulo Pinto/Estadão - 17/12/1990
Paulo Pinto/Estadão - 17/12/1990

No Araxá, Túlio Maravilha chega ao milésimo gol da carreira

Atacante de 44 anos faz de pênalti e, segundo sua própria contagem, atinge a marca

O Estado de S. Paulo

08 de fevereiro de 2014 | 19h11

SÃO PAULO - O atacante Túlio Maravilha chegou, enfim, ao milésimo gol da carreira na tarde deste sábado, de acordo com a contagem do próprio jogador. Na primeira partida com a camisa do Araxá, o ex-atleta do Botafogo marcou de pênalti e empatou a partida contra o Mamoré, no Estádio Fausto Alvim, em Araxá. O jogo, válido pela terceira rodada do módulo II do Campeonato Mineiro, terminou 1 a 1.

Como fez em 1995, após o título do Botafogo no Campeonato Brasileiro, Túlio foi carregado pelos companheiros e, com a bola nas mãos, celebrou a marca alcançada. "Os gols de Pelé tiveram questionamento. Os de Romário também foram questionados. Mas não foi por isso que eles deixaram de marcar", disse o atacante da alegria.

 

Túlio dedicou o milésimo gol à sua família e "a todos que acreditam em seus sonhos". Mesmo sem registro oficial, a marca histórica virou uma obsessão de Túlio. Agora, ele deve finalmente encerrar a carreira, feliz por poder dizer que fez mil gols como jogador.

Sua apresentação no Araxá ocorreu na última terça-feira. Aos 44 anos, a atacante já defendeu mais de 30 equipes desde 1987. Túlio jogou pela seleção brasileira em 15 oportunidades. O melhor momento aconteceu na Copa América de 1995, ano em que brilhou também no Botafogo. No Brasileirão, Túlio foi o artilheiro máximo em 1989, quando marcou 11 gols pelo Goiás, em 1994 (19 gols pelo Botafogo) e 1995 (23 gols).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.