No Avaí, só problemas para Cavalo

A dois dias da decisiva partida diante do Fortaleza, pela última rodada das finais do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Roberto Cavalo, do Avaí, se mostrou, nesta quinta-feira, já na capital cearense, preocupado com as decisões que terá de tomar para a definição da equipe que precisa de um empate para conquistar o sonhado acesso à Série A. Até a última quarta-feira, ele sustentava dúvida quanto ao substituto do atacante Evando (suspenso), prometendo definir a questão entre Paulista ou Joelson. Mas a confirmação oficial de que o lateral-esquerdo Badé não irá participar do jogo por conta das imposições feitas pelo Coritiba para a renovação de seu contrato, trouxe mais problemas para Cavalo. Ao lamentar a falta de tempo para treinar a equipe - na quarta-feira, um temporal impediu a realização do treino apronto - Cavalo acenou com a possibilidade de escalar Paulista para a vaga de Badé fazendo com que Joelson pudesse atuar na sua posição original, a de atacante, ao lado de Tico. "É uma situação que ainda vamos analisar. Preciso consultar o Paulista para saber se ele se propõe colaborar na posição", afirmou o treinador avaiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.