No Bayern, Thiago Alcântara agradece Barça em carta

Thiago Alcântara fez os seus dois primeiros jogos pelo Bayern de Munique e no último domingo até já conquistou o seu primeiro título pelo clube ao ajudar o time a ganhar um torneio amistoso alemão, com a goleada por 5 a 1 sobre o Borussia Mönchengladbach. O meio-campista, porém, resolveu usar as redes sociais nesta segunda-feira para manifestar a sua gratidão ao Barcelona ao publicar uma carta de agradecimento ao seu ex-clube.

AE, Agência Estado

22 de julho de 2013 | 11h29

Filho do ex-jogador Mazinho, tetracampeão mundial em 1994, o atleta de 22 anos nasceu na Itália, mas se naturalizou espanhol. E agora, atuando pelos atuais campeões europeus, lembrou que o Barça foi o responsável pelo sucesso que vive hoje no futebol.

"Quero agradecer do primeiro ao último empregado do clube. O Barcelona e sua gente me deram tudo, me fizeram crescer, amadurecer e aprender em boas e más situações", disse Thiago Alcântara em um trecho de sua carta, no qual reafirmou que não foi fácil trocar o Barça pelo Bayern.

Ele enfatizou logo no início da carta que o Barcelona o acolheu como jogador quando ele tinha apenas 14 anos de idade, mas agora reconhece que "etapas se fecham e as mudanças de rumo chegam". "Agora tenho a mesma vontade de jogar futebol e competir de quando cheguei ao Barcelona como um menino", destacou.

Por sim, Thiago pontuou que levou para o Bayern "todo o carinho" que recebeu do Barça, assim como lembrou com tristeza do problema de saúde que acomete o técnico Tito Vilanova, que acabou deixando o comando do time na última sexta-feira para poder tratar de um câncer que não permitia a ele continuar exercendo a sua função de treinador.

"Ao Tito, um enorme lutador, é como dissemos a Abi (Abidal, ex-jogador do Barça que sofreu com um câncer no fígado): Pedras no caminho? Guarde todas, um dia você vai construir um castelo. Ninguém duvida que você voltará mais para frente", encerrou Alcântara, que no último domingo marcou o seu primeiro gol com a camisa do Bayern na vitória sobre o Borussia Mönchengladbach, depois de ter estreado no sábado, também com goleada, na vitória por 4 a 0 sobre o Hamburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.