Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

No Brasileiro, Love precisa de 3,8 chances para marcar um gol

Atacante do Corinthians vem sendo decisivo na reta final

O Estado de S. Paulo

03 Novembro 2015 | 08h43

Vagner Love vive uma fase iluminada. Neste domingo, ele marcou um dos gols da vitória por 3 a 0 do Corinthians contra o vice-líder Atlético-MG, em pleno Independência, e ajudou a equipe a abrir 11 pontos de diferença na ponta e colocar a mão na taça. Muito criticado no início de sua trajetória no Parque São Jorge, o atacante vem se mostrando um dos mais eficientes do Campeonato Brasileiro.

Em um levantamento do site especializado em estatísticas Footstats, Love precisa de 3,8 chances para marcar um gol. Em comparação com seu antecessor, Paolo Guerrero, por exemplo, o camisa 9 do Corinthians leva ampla vantagem sobre o flamenguista. O centroavante peruano precisa de nada menos que, em média, 14,3 chances para balançar as redes, quase quatro vezes mais. Ele marcou apenas três vezes no torneio.

Ao marcar neste domingo, Vagner Love também alcançou a vice-artilharia do campeonato, com 12 gols, ao lado de Lucas Pratto, do Atlético-MG, e do companheiro Jadson. Ricardo oliveira lidera a artilharia disparado, com 20 tentos.

CONFIRA A MÉDIA DOS ATACANTES

Vagner Love (Corinthians) - 3,8 chances por gol

Ricardo Oliveira (Santos) - 4,4 chances por gol

Dudu (Palmeiras) - 4,6 chances por gol

Alexandre Pato (São Paulo) - 5,8 chances por gol

Nenê (Vasco) - 7,8 chances por gol

Lucas Pratto (Atlético-MG) - 8,2 chances por gol

Luis Fabiano (São Paulo) - 8,6 chances por gol

Paolo Guerrero (Flamengo) - 14,3 chances por gol

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Vagner Love Guerrero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.