Fayez Nureldine/AFP
Fayez Nureldine/AFP

No Catar, Xavi Hernandez revela que testou positivo para o coronavírus

Técnico do Al-Sadd disse em suas redes sociais que não apresentou sintomas e ficará isolado em sua casa por alguns dias

Redação, Estadão Conteúdo

25 de julho de 2020 | 10h50

O ex-meio campista do Barcelona e hoje técnico do Al-Sadd, do Catar, Xavi Hernandez anunciou neste sábado que testou positivo para o novo coronavírus. Ele foi testado dentro do protocolo da liga catariana, e seu último exame revelou que havia sido contaminado pelo vírus.

Xavi disse em suas redes sociais que não apresentou sintomas e está bem. Ele ficará isolado por alguns dias em sua casa antes de retomar a rotina de treinamentos no Al-Sadd.

"Felizmente, estou em perfeitas condições, mas, seguindo o protocolo, ficarei isolado até superá-lo. Quando as autoridades de saúde me permitirem, ingressarei na minha rotina diária e trabalharei com mais desejo do que nunca", disse o técnico espanhol.

O Al-Sadd, assim, informou que Xavi não vai poder comandar a equipe na partida contra o Al-Khor, neste sábado. Ele será substituído por David Prats, treinador da equipe B.

É o primeiro jogo do atual campeão, que ocupa o terceiro lugar na tabela de classificação, desde que a liga catariana foi suspensa em março devido à pandemia. O campeonato foi retomado na sexta-feira, após mais de quatro meses de paralisação.

Para que a retomada do torneio fosse concretizada, o pequeno país do Oriente Médio estabeleceu o confinamento total de jogadores e membros de comissões técnicas em um hotel e implementou um rígido protocolo de prevenção à covid-19.

Curiosamente, a pandemia é controlada por meio de um aplicativo de celular, que indica o estado de saúde de cada pessoa por cores. Durante o período de isolamento no hotel, os jogadores eram classificados com a cor amarela, indicada aos que cumprem quarentena. Quem não tiver o aplicativo instalado em seus celulares, poderá ser multado em até US$ 55 mil (cerca de R$ 294 mil).

De acordo com Ministério da Saúde do Catar, até este sábado, o país já registrou mais de 109 mil casos de covid-19, mas tem poucas mortes em decorrência da doença: 164.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Avui no podré acompanyar el meu equip en la tornada a la competició oficial. David Prats, entrenador del filial de l’@alsaddsc, ocuparà el meu lloc com a cap de l’equip tècnic. Fa uns dies, seguint el protocol de @qsl, vaig donar positiu en l’últim test COVID19. Afortunadament em trobo perfectament, però seguint el protocol, continuaré aïllat fins que ho hagi superat. Quan els serveis mèdics m’ho permetin, m’incorporaré a la meva rutina i feina diàries amb més ganes que mai. Agraeixo a totes les autoritats, especialment als responsables de @qsl, @qfa i d’ @alsaddsc per posar a la nostra disposició tots els mitjans per a una detecció precoç que eviti més contagis i garanteixi el desenvolupament normal de la competició. Una abraçada i ens veiem aviat als camps de futbol! ⚽ _____ Hoy no podré acompañar al equipo en la vuelta a la competición oficial. En mi lugar y a la cabeza del staff técnico estará David Prats - entrenador del equipo filial de @alsaddsc - Hace unos días y siguiendo el protocolo de @qsl di positivo en el último test COVID19 que me realizaron. Afortunadamente me encuentro en perfecto estado pero, siguiendo el protocolo, aislado hasta que lo haya superado. Cuando las autoridades sanitarias me lo permitan, me incorporaré a mi rutina y trabajo diarios con más ganas que nunca. Agradezco a todas las autoridades y en especial a los responsables de @qsl, @qfa y de @alsaddsc el poner a nuestra disposición todos los medios para una detección precoz que evite mayores contagios y garantice un desarrollo normal de la competición. Un abrazo y nos vemos pronto en los campos de fútbol! ⚽️

Uma publicação compartilhada por Xavi (@xavi) em

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.