No City, Sagna revela que foi difícil deixar a 'família Arsenal'

Depois de sete anos no time de Londres, Francês assinou contrato com o Manchester City por três temporadas após a disputa da Copa

O Estado de S. Paulo

03 Setembro 2014 | 19h54

O lateral-direito Bacary Sagna afirmou nesta quarta-feira que foi difícil deixar a 'família Arsenal'. O jogador deixou o clube ao término da temporada passada rumo ao Manchester City após sete anos no time de Londres. O francês assinou contrato por três temporadas após a disputa da Copa do Mundo pela França.

Além de perder seu titular da lateral direita, o Arsenal não lucrou nada com ida dele para o City. Isso porque o vínculo de Sagna com o time londrino se encerra no dia 30 de junho. Sua chegada ao time de Manchester já era esperada, principalmente depois que ele recusou uma proposta de renovação por duas temporadas.

Sagna está concentrado com a seleção francesa para a disputa do primeiro amistoso após a Copa. Nesta quinta, a França, eliminada pela Alemanha nas quartas de final do Mundial, enfrenta a Espanha, no Stade de France, em Saint-Denis.

 

Mais conteúdo sobre:
futinter Sagna Manchester City Arsenal

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.