No clássico, André Lima espera se firmar no Fluminense

O Fluminense está praticamente classificado para as semifinais da Taça Rio. Apenas uma combinação de resultados improváveis o tira da fase decisiva, mas para um jogador o clássico de domingo contra o Vasco é muito importante: André Lima, que está tendo início animador após se recuperar de grave lesão no joelho.

AE, Agência Estado

26 de março de 2010 | 20h29

Em meio às desconfianças e relegado à reserva de Fred, o atacante já marcou quatro gols em seis partidas e quer mostrar que sua passagem apagada pelo Vasco, no início da carreira, foi apenas resultado da imaturidade.

"Não existe rancor. Cheguei ao Vasco com apenas 17 anos (em 2004). Era um menino e fiquei deslumbrado com a primeira oportunidade em um clube grande. Errei muito. Hoje sou outra pessoa, tenho consciência das minhas responsabilidades", comentou André Lima, que depois foi para o Madureira, onde se destacou e voltou a trilhar o caminhos dos grandes times do futebol brasileiro. "O importante é entrar e sair pela porta da frente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.