No contra-ataque, Flu bate Santos na Vila e é vice-líder

Diante de sua torcida, o Santos foi surpreendido e perdeu para o Fluminense por 1 a 0 na noite deste domingo, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, a equipe santista segue fora do G-4. Para o time carioca, o resultado foi excelente, já que assumiu a vice-liderança, com 19 pontos, dois atrás do líder Corinthians. O Santos, com 12 pontos, caiu para nono.

TERCIO DAVID, Agência Estado

18 de julho de 2010 | 20h53

Na próxima rodada, o Santos visita o Atlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba, na quarta-feira, às 21h50. No dia seguinte, às 21 horas, o Fluminense recebe o Cruzeiro, no Maracanã.

MUITA LUTA E POUCO GOL - Apesar de bastante brigado e com boa movimentação dos times no meio de campo, ninguém conseguiu dominar completamente o adversário. O Fluminense limitava-se a marcar e pouco ameaçou o gol de Rafael. Do outro lado, o Santos, que teve a volta de Robinho, abusou das jogadas individuais.

No segundo tempo, o jogo ganhou em objetividade, principalmente porque o Santos resolveu jogar mais verticalmente, sobretudo após a entrada de Marcel, aos 11. Em seu primeiro lance, o centroavante recebeu na entrada da área e mandou uma bomba, que explodiu no travessão de Fernando Henrique.

SURPRESA - Recuado, o Fluminense se preocupou em marcar e sair rápido no contra-ataque. A tática deu resultado aos 32, quando Alan recebeu passe longo de Mariano, invadiu a área e bateu cruzado, na saída de Rafael.

O gol do Flu acordou o Santos, que foi com tudo para cima, mas a bola pareceu mesmo não querer entrar. Aos 39, Zé Eduardo recebeu na área e bateu cruzado. Robinho, parado na segunda trave, a dois passos da linha do gol, conseguiu desviar para fora.

Apesar da pressão, embora tivesse o domínio da posse de bola, o Santos continuou pecando nas finalizações, e também parando na noite inspirada do goleiro Fernando Henrique, que fez algumas boas defesa no final da partida e ajudou a garantir a vitória para o Flu.

Ficha técnica:

Santos 0 x 1 Fluminense

Santos - Rafael; Maranhão, Edu Dracena, Durval e Pará; Arouca, Wesley (Madson), Paulo Henrique Ganso e Robinho; Neymar (Zé Eduardo) e André (Marcel). Técnico: Dorival Júnior.

Fluminense - Fernando Henrique; Gum, André Luis e Leandro Euzébio; Mariano, Diogo (Marqinho), Diguinho, Conca (Júlio César) e Carlinhos; Rodriguinho (Alan) e Fred. Técnico: Muricy Ramalho.

Gol - Alan, aos 32 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Arouca, Ganso e Durval (Santos); Diogo, Diguinho e Marquinho (Fluminense).

Árbitro - Cléber Welington Abade (SP).

Renda - R$ 245.095,00.

Público - 9.193 pagantes.

Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.