Divulgação
Divulgação

No Couto Pereira, Coritiba e Goiás ficam no empate por 2 a 2

Time goiano lidera o placar por 2 a 1, mas cede a igualdade no segundo tempo

JÚLIO CÉSAR LIMA, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 23h25

CURITIBA - Em uma partida muito disputada e com chances para os dois lados, Coritiba e Goiás mostraram porque estão iguais na tabela de classificação. As duas equipes empataram por 2 a 2, nesta quarta-feira, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e mantiveram as posições intermediárias com 30 pontos.

O JOGO

Precisando mostrar serviço para a torcida e não cair mais na tabela de classificação, o Coritiba começou a partida em alta velocidade e pressionando o Goiás. Logo aos cinco minutos, Lincoln desperdiçou uma chance ao receber livre de marcação na pequena área e chutar em cima do goleiro Renan.

O time da casa encontrava facilidade pelo lado esquerdo do Goiás e Victor Ferraz ganhava todas as jogadas sobre Pedro Henrique. Aos seis minutos não foi diferente. Ferraz deixou o ala goiano para trás e cruzou para Lincoln, que chegou antes da zaga e abriu o placar.

O Coritiba dominava a partida e sempre pelo lado direito levava perigo ao Goiás. Mais uma vez Victor Ferraz chegou à linha de fundo e cruzou, Jânio arriscou de bicicleta e a bola passou rente à trave de Renan.

Com o passar do tempo, o Goiás foi se arrumando em campo e ao invés de jogar pelas laterais explorava jogadas pelo meio. Aos 27 minutos, Roni roubou uma bola no meio e tocou para Renan Oliveira, livre, chutar na trave esquerda de Vanderlei. Dois minutos depois, foi a vez do Coritiba levar perigo, mas a bola parou duas vezes na trave, em chute de Robinho e na rebatida com Alex.

O Goiás mantinha as jogadas pelo meio e chegou ao empate. Desta vez, David tocou em velocidade para Roni, aos 37 minutos, que ajeitou a bola e chutou sem chance para Vanderlei.

Na volta do intervalo, o Goiás surpreendeu com jogadas pelo meio, com mais velocidade, e aos 25 minutos Hugo lançou Walter, que dominou na frente de Chico e tocou para Eduardo Sacha marcar totalmente livre.

Após o gol, o Coritiba partiu para cima e, aos 28 minutos, após um cruzamento pela esquerda, Valmir Lucas tentou tirar a bola, mas ela sobrou para Robinho, que chutou no canto esquerdo de Renan.

Mesmo com o empate, o Goiás reforçou o meio de campo e administrou o resultado. No final, o meia Alex lamentou o resultado. "Levamos gols que não podemos levar, mas fica ruim erros em campeonatos assim, com equipes difíceis e que mais uma vez tivemos que buscar. Mas não é o ideal e precisamos melhorar", concluiu.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 x 2 GOIÁS

CORITIBA - Vanderlei; Victor Ferraz (Arthur), Luccas Claro, Chico e Escudero (Abner); Willian, Gil, Lincoln (Dudu), Robinho e Alex; Jânio. Técnico: Marquinhos Santos.

GOIÁS - Renan; Vitor, Ernando, Valmir Lucas e Pedro Henrique (Thiago Mendes); Amaral, David, Renan Oliveira (Eduardo Sacha) e Hugo; Roni (Ramón) e Walter. Técnico: Enderson Moreira.

GOLS - Lincoln, aos 6, e Roni, aos 37 minutos do primeiro tempo; Eduardo Sacha, aos 25, e Robinho, aos 28 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gil (Coritiba); Amaral (Goiás).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCoritibaGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.