Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Vinnicius Silva/ Cruzeiro
Vinnicius Silva/ Cruzeiro

No Cruzeiro, Dedé revela que recebeu proposta do Atlético-MG após rebaixamento

Zagueiro diz que preferiu não dar prosseguimento nas conversas por estar focado apenas na recuperação da lesão no joelho

Redação, Estadao Conteudo

27 de abril de 2020 | 23h04

Em recuperação de cirurgia no joelho direito, Dedé revelou que recebeu oferta do Atlético Mineiro para deixar o Cruzeiro após o rebaixamento do seu clube no Campeonato Brasileiro no ano passado. O zagueiro, porém, explicou que preferiu não dar prosseguimento nas conversas por estar focado apenas na recuperação da lesão.

"Sim, recebi. Recebi uma proposta até de espera da minha lesão. Hoje, minha vida é focada em me recuperar, eu não dei resposta para ninguém, a única resposta que eu dei foi para o Cruzeiro, que eu quero me recuperar", afirmou, nesta segunda-feira, em entrevista ao SporTV.

Dedé passou pela cirurgia em março, com um médico particular, tendo previsão de retorno aos gramados para o segundo semestre. O zagueiro possui contrato com o Cruzeiro até o fim de 2021, mas afirmou que não recebe o valor integral previsto na carteira de trabalho e pelos direitos de imagem há mais de um ano.

De acordo com o zagueiro, o Cruzeiro reduziu o seu salário nesta temporada sem nem mesmo uma reunião para definir a readequação. "Reduziu em 78% o meu salário", explicou Dedé, assegurando que não reclamou com a direção do clube pela medida, que atingiu outros atletas do elenco. "Eu nunca cheguei para perturbar ninguém sobre atraso de salário, sobre redução salarial, nada. Eu só tentei uma coisa melhor do que eles me ofereceram, mas quando eles impuseram o meu salário já reduzido, depositaram na minha conta, eu não cheguei lá para brigar com ninguém", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.