No dia de seu aniversário, meia Gnabry é emprestado pelo Bayern ao Hoffenheim

Atacante terá a oportunidade de ganhar experiência na Liga dos Campeões antes de retornar ao clube bávaro

Redação, Estadão Conteúdo

14 de julho de 2017 | 11h06

No mesmo dia em que completou 22 anos de idade, o meia Serge Gnabry, do Bayern de Munique, teve confirmada oficialmente nesta sexta-feira a sua transferência por empréstimo de uma temporada ao Hoffenheim, time que terminou a edição passada do Campeonato Alemão na quarta colocação.

Contratado pelo Bayern junto ao Werder Bremen no mês passado, o jogador que é filho de mãe alemã e pai marfinense assinou um acordo de três anos com o time bávaro, mas foi repassado ao Hoffenheim após o próprio atleta ter manifestado interesse em sair para atuar por um clube no qual certamente terá mais chances de disputar um maior número de partidas, pois sabe que inicialmente na equipe de Munique ficaria como opção de banco na grande maioria dos confrontos.

Com a boa campanha realizada no último Campeonato Alemão, o Hoffenheim se credenciou para disputar os playoffs para a fase de grupos da Liga dos Campeões na próxima temporada, na qual o jovem jogador alemão espera ficar em evidência e ganhar bagagem antes de retornar ao Bayern para o ciclo 2018/2019 do futebol europeu. Ele assinou contrato de empréstimo para defender o seu novo time até 30 de junho de 2018.

"Serge manifestou um desejo de sair por empréstimo de um ano para ter mais experiência de jogos", revelou Karl-Heinz Rummenigge, CEO do Bayern, que em seguida destacou que o atleta vai atingir um "alto nível" no Hoffenheim e assegurou que o mesmo irá retornar ao time de Munique daqui um ano.

Antes de ser contratado pelo Bayern, em junho passado, Gnabry iniciou a sua carreira profissional no Arsenal, pelo qual estreou com apenas 17 anos de idade. Ele pertenceu ao clube inglês até 2016, sendo que no período chegou a atuar pelo West Bromwich, por empréstimo, em 2015. No ano passado, o meio-campista foi contratado pelo Werder Bremen, se destacando com 11 gols em 27 partidas disputadas no último Campeonato Alemão.

O bom futebol o levou à seleção alemã, pela qual estreou pelo time principal do país em grande estilo em novembro passado, quando marcou três gols em vitória sobre San Marino. Em junho deste ano, ele também defendeu a Alemanha na Euro Sub-21, assim como fez parte do grupo que foi medalha de prata na disputa do futebol masculino dos Jogos Olímpicos do Rio-2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.