Divulgação
Divulgação

No dia do 113.º aniversário, Ponte Preta vence o Criciúma

Vitória afasta o time campineiro da zona de rebaixamento

AE, Agência Estado

11 de agosto de 2013 | 20h40

CAMPINAS - No dia em que completou 113 anos, a Ponte Preta presenteou a torcida com uma importante vitória. Em jogo bastante movimentado, o time campineiro bateu o Criciúma, por 3 a 1, na noite deste domingo, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O jogo marcou o encerramento da 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado encerra uma série de três jogos sem vitórias e, de quebra, afasta a Ponte dos últimos colocados. O clube paulista assumiu a 13.ª posição, com 15 pontos, três a mais que a Portuguesa, a primeira na zona de descenso. Já os catarinenses seguem com apenas 11 pontos, na 18.ª posição.

A Ponte dominou completamente o primeiro tempo e até poderia ter saído para o intervalo com um placar elástico. O time abriu o placar logo aos 6 minutos. Chiquinho cobrou escanteio da direita e o atacante William, mesmo de costas para o gol, conseguiu desviar de cabeça.

O segundo saiu aos 29 minutos, novamente em escanteio de Chiquinho. Ele cobrou pelo lado esquerdo e Artur se antecipou na primeira trave para desviar de cabeça.

Na segunda etapa, os catarinenses voltaram mais ofensivos e conseguiram diminuir aos dez minutos. OMarlon cruzou da esquerda, a zaga não afastou e o atacante Lins completou na segunda trave.

A Ponte, porém, não deu tempo para o rival se recuperar. Aos 16 minutos, Artur levantou pela direita, Éverton Santos se antecipou na primeira trave e cabeceou para fazer o terceiro.

Na próxima quarta-feira, às 21 horas, a Ponte Preta terá um páreo duro contra o Vitória, no Barradão, em Salvador. Enquanto isso, o Criciúma buscará a reabilitação contra o Náutico, no mesmo dia, às 19h30, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 3 X 1 CRICIÚMA

PONTE PRETA - Roberto; Artur, Cesar, Diego Sacoman e Régis; Magal, Uendel e Chiquinho (Ferrugem); Everton Santos (Giovanni), Rildo e William. Técnico - Paulo César Carpegiani.

CRICIÚMA - Helton Leite; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa (Leonardo) e Marlon; Amaral (Crispim), Leandro Brasília (Bruno Lopes), Gilson e Ivo; Lins e Cassiano. Técnico - Vadão.

GOLS - William, aos 6, e Artur, aos 29 minutos do primeiro tempo; Lins, aos 10, e Éverton Santos, aos 16 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÃO AMARELO - Gilson (Criciúma).

RENDA - R$ 55.192,00.

PÚBLICO - 6.008 torcedores.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.